Páginas

sábado, 21 de maio de 2011

O que é Displasia mamária?

A displasia mamária é uma alteração funcional e extremamente comum da mama feminina. A displasia se caracteriza por uma exacerbação da retenção de líquido da mama e pelo aumento da quantidade do tecido de sustentação. Isso torna as mamas mais sensíveis e cheias de pequenos nódulos endurecidos e dolorosos, especialmente na fase pré-menstrual.
A dor pode ser intensa, a ponto de não permitir à mulher deitar-se de bruços ou praticar exercícios. Em alguns casos pode aparecer uma secreção clara nos mamilos.
A displasia mamária não induz e nem se transforma em câncer da mama, e pode desaparecer espontaneamente.
A grande maioria das mulheres não necessita de nenhum tratamento, apenas uma consulta médica para se certificar do diagnóstico, afastando a possibilidade de um tumor maligno.
Quando necessário, o tratamento deve ser individualizado, utilizando-se vários tipos de medicamento, dependento da sintomatologia e da intensidade do quadro.
Em alguns casos, a mama forma pequenas cavidades ou cistos, facilmente identificáveis na ultrassonografia, que contêm líqüido e podem ser bastante dolorosos. Não há, na maioria das vezes, necessidade de operar esses cistos, mas apenas esvaziá-los com uma punção, para aliviar o desconforto.

As mamas com displasia, por serem mais densas e sensíveis, podem dificultar o auto-exame e a própria avaliação ginecológica. Por isso os médicos costumam solicitar a ultrassonografia com maior freqüência nesses casos.


Informações do site: http://www.drashirleydecampos.com.br/noticias/7821

Espero que ajude a todas as mulheres que como eu tiveram ou tem displasia mamária.



Um comentário:

  1. Amiga, estou com um novo Blog e ficaria muito feliz em tê-la como seguidora;
    http://sindromedopanicoblogspotcom.blogspot.com/
    Desde já agradeço...Beijos!!!

    ResponderExcluir